Clientes estão começando a questionar o porquê de preços tão absurdos em supermercados

A maioria dos canadenses está lutando para dar conta das necessidades básicas, em meio a uma alta inflação que não ocorria há 40 anos e os preços dos alimentos, em particular, continuam chocando as pessoas, à medida que sobem para níveis exorbitantes.

Enquanto os fornecedores de alimentos estão alertando para um aumento ainda maior até setembro, a população está começando a questionar o papel das maiores redes de supermercados do país - que lucraram muito durante a pandemia e continuam aumentando absurdamente seus preços, inclusive para mantimentos básicos.


O Loblaws lucrou 40% no primeiro trimestre deste ano e também informou em maio que os preços dos itens em suas lojas estavam de fato subindo mais rápido do que o índice geral de preços ao consumidor - 9,7% para mantimentos versus 7,7%. taxa de inflação geral.


Embora a crise da saúde tenha interrompido os custos de mão de obra, cadeia de suprimentos e fabricação, os três grandes supermercados do país estão aumentando os preços "mais do que o necessário", segundo um relatório da Toronto Star. Isso porque foi registrado um recorde de US $ 4 bilhões em vendas extras.


Os números analisados ​​pela agência de notícias mostram que as margens de lucro vêm aumentando para Loblaw Companies Ltd., Empire Company Ltd. (proprietária da Sobeys) e Metro Inc.


Os consumidores, estão começando a perceber todo esse aumento desnecessário e questionar o porquê.

Com a falta de concorrência, porém, muitos moradores não têm muitas outras opções de onde comprar sem apoiar os três grandes, que possuem coletivamente Dominion, Farm Boy, FreshCo, Food Basics, IGA, Loblaws, Real Canadian Superstore, Shoppers Drug Mart, T&T, Zehrs e muito mais.